Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Se eu mandasse nisto

Se o mundo anda ao contrário, se as pessoas andam com as ideias trocadas, se as prioridades andam invertidas, se os deuses andam loucos, haja alguém para mandar nisto, por favor.

Se o mundo anda ao contrário, se as pessoas andam com as ideias trocadas, se as prioridades andam invertidas, se os deuses andam loucos, haja alguém para mandar nisto, por favor.

Se eu mandasse nisto

08
Jan18

A noite dos vestidos negros.

Eu

Acabou o tempo. E o tempo já devia ter acabado há muito tempo. Aliás, este tempo nem nunca devia ter começado. 

A violência, seja ela de que tipo for, seja ela contra quem for, seja feita da maneira que for, tem e deve ser condenada. A violência contra as mulheres, que ainda se faz em muitas partes do planeta, que ainda se permite, que ainda se justifica, que ainda se tenta esconder, tem de acabar de uma vez por todas. Porque as mulheres podem ser mais fracas fisicamente, mas a sua fragilidade, a existir, termina aí. Porque as mulheres, como qualquer outro ser, merecem respeito e merecem ser tratadas com respeito. Porque o tempo em que os homens reinam e em que o poder os faz reinar tem de acabar. 

Na cerimónia de ontem dos Globos de Ouro, Oprah Winfrey, Nicole Kidman e mais umas quantas mulheres (e homens) usaram a seu estatuto de artistas mundialmente visíveis para chamar a atenção, para gritar ao mundo, para dizer "basta". Os fatos pretos e os vestidos negros que contrastaram com a passadeira vermelha, foram muito mais que uma jogada de design de moda, foram uma forma de protesto contra o machismo e contra os abusos e, ao mesmo tempo, um grito de esperança de que tudo seja diferente.

 

Incomoda-me que haja gente que se julgue superior. Incomoda-me que as mulheres sejam tratadas como seres menores e que haja gente se se julgue no direito de abusar física ou psicologicamente delas. As mulheres têm provado, embora não precisassem de o fazer, que em muitas áreas dão cartas tão bem ou melhor que os homens. Têm mais resistência em situações de stress, são mais rápidas de raciocínio, são mais ágeis mentalmente. 

 

Li, um dia, uma frase que, se a memória não me falha, era da Helena Sacadura Cabral e que dizia "As mulheres são metade da humanidade e mães da outra metade". 

Quanto mais não fosse, só por isto, já merecem tudo. 

 

Se Eu Mandasse Nisto...

.... elevava-se o estatuto das mulheres. Valem muito mais do que aquilo que se reconhece. 

 

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D