Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Se eu mandasse nisto

Se o mundo anda ao contrário, se as pessoas andam com as ideias trocadas, se as prioridades andam invertidas, se os deuses andam loucos, haja alguém para mandar nisto, por favor.

Se o mundo anda ao contrário, se as pessoas andam com as ideias trocadas, se as prioridades andam invertidas, se os deuses andam loucos, haja alguém para mandar nisto, por favor.

Se eu mandasse nisto

31
Out17

Um ex-ministro da Cultura que afinal não a tem.

Eu

Manuel Maria Carrilho foi condenado por, entre outras coisas, violência doméstica?!? Li bem? 

Parece que afinal sempre é verdade, no melhor pano cai a nódoa. 

Parece que a violência doméstica e a falta de respeito pelo outro não estão diretamente relacionadas com o quantidade de euros na conta bancária, nem com a vida de luxo que se mostra, nem com a aparência, que neste caso mostrava sempre um personagem demasiado sério, demasiado "bem", demasiado nariz empinado. 

O que me espanta nisto é a falta de respeito, pela pessoa, pela mulher, pela mãe dos filhos. Não devia e não pode vir de alguém que representou o país. Não pode, porque quem representa o país tem a obrigação de dar o exemplo, de mostrar como se faz. 

 

Se eu Mandasse Nisto...

.... Perdia toda e qualquer pensão que viesse da parte do estado por ter desempenhado cargos públicos. Não quero, e não gosto de ver o meu dinheiro, o dinheiro dos meus impostos a pagar pensões a um ex-ministro da Cultura, que acaba de ser condenado por um crime que revela que de cultura tem muito pouco e de respeito pelos outros não tem nada. 

 

 

 

31
Out17

Nem que tentem, já ninguém se assusta

Eu

Depois do que se tem vivido no país nos ultimos tempos, o Halloween é uma brincadeirinha de crianças. Nem bruxas, nem mortos vivos, nem fantasmas, nem vampiros. Nada pode assustar mais. Bem podem vestir a máscara mais assustadora, pintar a cara, comprar os piores adereços, fazer os sons mais terríveis. Nada disso mete medo. 

 

O que assusta de verdade....

....é pensar que há gente que perdeu tudo, em Agosto, e que ainda está à espera de soluções.  

... é saber que os Portugueses deram milhões, mas ainda ninguém lhes viu a cor. 

....é saber que o inverno está à porta e que ainda há gente sem teto e sem sitio condigno para dormir.

.... é saber que houve gente a enganar outros como no caso do BES, a fazer com que algumas pessoas perdessem tudo o que tinham amealhado ao longo da vida, e continuam impunemente a passear os esqueletos na rua. 

... é haver eleições e ver serem eleitos cidadãos que não têm minimamente perfil para aquilo e de quem já se provou, na justiça inclusivamente, a falta de capacidade. 

...é haver doentes oncologicos a quem a junta médica manda trabalhar, porque feliz ou infelizmente a doença não lhes apanhou as mãos.

...é haver no conjunto de gente que nos governa uma série de personagens com amnésia e outros que não estando mortos disfarçam bem.

....é haver filas de espera nos hospitais que demoram tanto que os doentes acabam por morrer. 

 

Isto é que mete medo. Isto e mais umas tantas coisas do mesmo género. A lista chega até ao Natal. 

 

Transfiram o Halloween para países onde quem manda não ande permanentemente a brincar às bruxas. Pode ser que aí assuste alguém. 

 

Se Eu Mandasse Nisto....

....Dizia basta à palhaçada. A morrer de susto andamos nós há muito tempo. 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub