Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Se eu mandasse nisto

Se o mundo anda ao contrário, se as pessoas andam com as ideias trocadas, se as prioridades andam invertidas, se os deuses andam loucos, haja alguém para mandar nisto, por favor.

Se o mundo anda ao contrário, se as pessoas andam com as ideias trocadas, se as prioridades andam invertidas, se os deuses andam loucos, haja alguém para mandar nisto, por favor.

Se eu mandasse nisto

09
Nov17

A Sara falou e despiu algumas ideias

Eu

Mais uma vez a Sara falou e disse, sem medo, aquilo que outros teimam em calar. Foi no Web summit que mostrou que os abusos ocorrem até nos meios mais exclusivos, que explicou que é errado que tal aconteça, que sugeriu sugestões de atuação e que deu a deixa para que outros consigam fazer o mesmo qu ela. Denunciar. Falar sem medo.

 

A técnica de abusar de quem chega de novo, de quem não tem experiência, de quem em teoria pode menos, de quem está numa situção mais frágil, não é exclusica do mundo da moda. Normalmente o estagiário, a empregada nova, a secretária acabadinha de chegar são "pau para toda a obra". Fazem o seu trabalho, muitas vezes com mais dedicação que os outros que já conhecem os cantos à casa, mas depois, é o "podes ficar até mais tarde", o " vais-me buscar um cafézinho" o " já é tarde, podes terminar tu isto" e por aí fora. 

Não chegarão, espero eu, ao extremo de lhes pedir que tirem a roupa, mas não deixa de não ser abuso e não deixa de ser necessário denunciar. Porque "abuso" é "abuso" seja ele feito por quem for e de que forma for. 

A Sara mostrou que é certo denunciar, que é possível e acima de tudo que a pessoa que foi abusada não fez nada para que tal acontecesse e que muitas vezes se tentou proteger. E se no caso dela os milhões de seguidores são uma mais valia e dão uma ajuda preciosa para que a notícia se espalhe, no comuns mortais, que não reunem um grupo de fãs tão grande, a denuncia tem de chegar, e chegará de certeza, a quem de direito. 

No mundo civilizado, é preciso respeitar para se ser respeitado, e quem não concordar com isso, está a ver o filme de trás para frente. 

 

Se Eu Mandasse Nisto...

....os abusadores, pagariam bem caro. Porque o respeito é bom, é bonito e eu gosto. 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D