Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Se eu mandasse nisto

Se o mundo anda ao contrário, se as pessoas andam com as ideias trocadas, se as prioridades andam invertidas, se os deuses andam loucos, haja alguém para mandar nisto, por favor.

Se o mundo anda ao contrário, se as pessoas andam com as ideias trocadas, se as prioridades andam invertidas, se os deuses andam loucos, haja alguém para mandar nisto, por favor.

Se eu mandasse nisto

16
Mai18

A sério que foi chato, Bruno?

Eu

Foi chato terem ficado as famílias preocupadas? 

Foi chato teres a mulher e as filhas a telefonar? 

Foi chato os jogadores terem sido agredidos? 

Foi chato ter havido uma invasão ao centro de estágios com gente (ou uma espécie de) de cara tapada e armados com bastões? 

Foi chato? 

Não Bruno, não foi chato. Foi vergonhoso. Foi condenável. Foi mais um tiro no pé de um clube que ultimamente tem andado mais na boca do mundo pelas polémicas do que que pelo futebol que joga. 

Mas estás errado em mais coisas, Bruno. Não, não temos de nos habituar que o crime faz parte do dia-a-dia. Se faz, não devia fazer, e é por aí que temos de começar. 

Como presidente, não podes abrir a boca e dizer o primeiro disparate que te vem à cabeça. E se o fazes, e se aquilo que tens a dizer é que foi chato. E se achas que o crime faz parte, então talvez esteja na hora de abandonares o lugar, porque estás a ver o filme errado. 

 

Se Eu Mandasse Nisto...

.... esta gente tinha vergonha na cara! Chato é ter alguém à frente de um clube (ou de outra instituição qualquer) que, depois de acontecimentos como os de ontem, aquilo que tem para dizer é que "foi chato". 

 

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D