Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Se eu mandasse nisto

Se o mundo anda ao contrário, se as pessoas andam com as ideias trocadas, se as prioridades andam invertidas, se os deuses andam loucos, haja alguém para mandar nisto, por favor.

Se o mundo anda ao contrário, se as pessoas andam com as ideias trocadas, se as prioridades andam invertidas, se os deuses andam loucos, haja alguém para mandar nisto, por favor.

Se eu mandasse nisto

29
Mar18

Bolinha verde. Bolinha vermelha.

Eu

Pegar num computador, escrever meia dúzia de frases a dizer que sim, que os meninos se portaram mal e aquilo que fizeram não se faz e enviar. A empresa recebe, arquiva e fica resolvido. Fácil, fácil. 

Foi mais ou menos isto que fizeram à CELTEJO, depois das descargas poluentes que fizeram para tejo e que custaram aos bolsos dos portugueses alguns milhares. Sim, porque a limpeza foi feita, mas por enquanto, ainda não há noticias que digam que foi a CELTEJO a pagar. 

O que me admira, me espanta mesmo, e me causa alguma indignação é que neste caso, e em outros como este, os tribunais sejam tão compreensivos e tão bonzinhos. A multa que era de uns milhares de euros, acabou reduzida para metade e terminou numa folha de papel com um puxão de orelhas registado. 

Apetece-me perguntar se este tipo de medidas é só para a CELTEJO ou se vão ser extensíveis a todos os portugueses. Sim, porque o desgraçado que sai de casa atrasado para o trabalho e passa a 60 km/h num local onde o limite é 50 km/h é multado e tem de pagar a multa, ou será que daqui para frente os senhores agentes andarão munidos dos bloquinhos de recados para registarem, apenas, repreensões. Faz sentido, até porque o valor da multa é bem menor. 

(Atenção que para mim, infração é infração e quem não cumpre deve ser castigado. Mas todos de igual forma, por favor.) 

Se não decidirem fazer de uns filhos e de outros enteados, então proponho que, para simplificar e tornar o processo mais rápido, em vez do texto escrito, os senhores agentes passem a usar o sistema da bolinha verde ou bolinha vermelha, como fazem as educadoras de infância. Quem for dentro do limite, leva a bolinha verde. Quem ultrapassar, leva a bolinha vermelha. Mas se acharem que é pouco e que tem mesmo de ser por escrito, proponho que arranjem uns blocos já com o texto modelo escrito, uma coisa do género "completar espaços". Também não dá muito trabalho e se é para resolver e arquivar, serve. 

Fica a dica.

 

Se Eu Mandasse Nisto...

....esta gente não brincava assim. Limpavam, pagavam e perdiam a vontade de repetir a proeza. E já agora a pessoa que decidiu por este resultado, ia dar uma ajuda na limpeza. 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D