Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Se eu mandasse nisto

Se o mundo anda ao contrário, se as pessoas andam com as ideias trocadas, se as prioridades andam invertidas, se os deuses andam loucos, haja alguém para mandar nisto, por favor.

Se o mundo anda ao contrário, se as pessoas andam com as ideias trocadas, se as prioridades andam invertidas, se os deuses andam loucos, haja alguém para mandar nisto, por favor.

Se eu mandasse nisto

13
Nov17

Maçãs a 0,05€. É pegar ou largar.

Eu

São muitas, mesmo muitas. Toneladas de maçãs que foram produzidas, que foram apanhadas e que estão a ser vendidas a 0,05€ o quilo. Parece estranho, mas não é. 

Na região oeste há produtores a vender maçãs a este preço, e em alguns casos já é preciso procurar por quem as compre. A maioria destas maçãs são posteriormente encaminhadas para as fábricas de sumo e são transformadas em néctares, em sumos, em frasquinhos de fruta triturada. O consumidor pagará muito mais do que os 0,05€, mas talvez não tenha (creio que não tem de certeza) a noção de que para chegar ao sumo, alguém teve de produzir, alguém teve de apanhar, de transportar até ao intermediário e no fim ganhou tão pouco quanto isto: 0,05€ por cada quilo. 5€ por cada 100 quilos. 50€ por cada tonelada. 

O dinheiro que ganham, não chega para nem de longe nem de perto, para pagar o trabalho da apanha, quanto mais para pagar pesticidas, adubos, mão de obra de um ano inteiro. Não chega, mesmo! 

Porque é que apanham? Porque não podem deixar na árvore, pois isso comprometeria a produção do ano seguinte. 

Porque é que não deitam para o chão e não deixam ficar? Porque são toneladas de maçãs, que ao aprodrecerem no chão iriam contaminar o solo e comprometer a produção do ano seguinte. 

Porque é que não vendem nos mercados? Porque há um tamanho abaixo do qual não é permitido que se venda. (Cá para mim, as maçãs mais pequenas são muito, mas muito mais saborosas que as maiores) 

Porque é que recorrem a intermediários para as levarem para as fábricas de sumo? Porque as fábricas fazem contratos com algumas pessoas (normalmente sempre as mesmas de uns anos para os outros) e só essas estão autorizadas a levar para lá fruta. 

 

E por tudo isto, sujeitam-se a trabalhar, a gastar, a pagar a quem apanhe e, no final, a perder dinheiro. E acredite-se ou não, 0,05€ até é um bom preço, porque daqui a umas semanas o preço desce até 0,02€ ou 0,01€ por quilo. 

 

E eu, que até podia comprar e comer algumas daquelas maçãs, não posso, porque não chegam ao mercado. Nem ao supermercado. Nem à loja do bairro. 

 

Se Eu Mandasse Nisto....

.....Quem faz as leis, tinha de passar uns dias no País real, para perceber o trabalho que dá cultivar e produzir e quem consome, teria de ser educado a comer "com boca" em vez de comer "com os olhos".  

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D