Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Se eu mandasse nisto

Se o mundo anda ao contrário, se as pessoas andam com as ideias trocadas, se as prioridades andam invertidas, se os deuses andam loucos, haja alguém para mandar nisto, por favor.

Se o mundo anda ao contrário, se as pessoas andam com as ideias trocadas, se as prioridades andam invertidas, se os deuses andam loucos, haja alguém para mandar nisto, por favor.

Se eu mandasse nisto

15
Nov17

Os anuncios enciclopedia.

Eu

O mundo da publicidade está cada vez melhor e alguns anúncios são de tal forma bem feitos que me parece que o objetivos nem é tanto vender os produtos, mas sim, ensinar alguma coisa. São autênticas enciclopédias e se uma pessoa estiver bem atenta, farta-se de aprender coisas, quanto mais não seja, aprende uma lista de palavras díficieis capazes de impressionar até a  pessoa mais culta.  Senão vejamos...

 

Já há muito tempo que temos iogurtes sem L-casei immunitas e mais tarde até apssamos a ter uns que trazem bifidus e convenhamos, que tanto uns como outros têm logo outro sabor e dão logo outro estatuto. Uma coisa é comer um iogurte de morango, outra é comer um iogurte de morango com uma coisa destas. 

 

O anúncio do Mangustão é outra coisa de transcendente. Para além de ser bom para tudo e mais um par de botas, ainda diz que o tal sumo é rico em Xantonas e que estas (ou estes) ajudam a reduzir os radicais livres. Extraordinário. 

Se eu estivesse em casa, com dores de costas, com uma ferida por cicatrizar e num estado de debilidade, tudo o que eu desejaria era engolir um litro de Xantonas e ficar sem radicais livres. Melhor podia não ficar mas entre tomar um Brufen que toda sabe o que é ou tomar Xantonas, a segunda opção dava mais credibilidade à doença. 

Qualquer coisa do género " Hoje até já tomei Xantonas!"

 

A lista é muito grande, mas o anuncio que ouvi hoje foi mesmo a cereja no topo do bolo. 

Durante a manhã, enquanto cirandava pela casa, mantive a televisão ligada num daqueles programas da manhã. Conversas e mais conversas, convidados e mais convidados e eis que aparece um anúncio de frigideiras. Frigideiras fantásticas, que só fazem comida saudável, sem necessidade de usar gordura e sem ....espantem-se....PTFE. Uau! Pasmei! 

Ninguém explicou do que se tratava, nem o que era aquilo, mas ter uma frigideira sem PTFE (dito assim mesmo) parece-me qualquer coisa de fabuloso. Estou mesmo capaz de sair de casa em direção ao supermercado e procurar frigideiras sem PTFE. É que quero fritar um ovo para o jantar e seguramente que feito numa destas sairá, quase de certeza, um ovo gourmet. 

 

Se Eu Mandasse Nisto...

....Estes anuncios eram proibidos. Assim, sem mais nada. Porque quem sabe o que significam estes palavrões não precisa das explicações e quem não sabe, além de não ficar a saber, ainda é enganado pela falsa credibilidade.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D